Saturday, December 25, 2010

no amor

No amor, as regras não estão no plano. E na verdade, quanto mais liberdade se deixa correr por suas vielas, mais sublime ele se torna.

Que o mundo um dia possa descobrir o amor, em escalas de uma grande guerra. Que seus efeitos sejam tão grandes quanto os da bomba atômica. E que a breguice seja o tom de certas manifestações.

É o que eu desejo, eu mesma, a escritora deste blog, aqui sem pseudônimos, personagens e véus, de cara limpa, palavra em punho, cada dia mais chocada com o mundo, mas também maravilhada com os poucos que ainda sobrevivem de alma aberta nesta difícil jornada de viver - mas maravilhosa!

No comments: