Thursday, October 07, 2010

rompimento

Nem todos os passos que percorro são meus. Isso é uma blasfêmia para comigo. É preciso o rompimento. O rompimento que é sempre dolorido. O rompimento que pode requerer laços desfeitos, desuniões, ou parcerias deixadas. O rompimento que pode requerer uma transformação e uma mudança interna, que podem ser mais radicais que a ausência, e revelar aos olhos dos próximos algo do qual eles não suspeitavam a respeito de si mesmos. É uma escolha a ser feita.

No comments: