Tuesday, July 27, 2010

a matéria

Seria uma indelicadeza exigir que as pessoas lhe entendessem, ou mesmo que tivessem o mesmo sobressalto diante de uma demonstração de vida. Ela era de uma matéria nada comum, e tinha uma loucura lúcida dentro de sí. Nada fazia sentido.

No comments: