Thursday, April 15, 2010

Faaaaaaaaato!

Certo! Ando me orgulhando de ter pouco a dizer e responder. Aproveito pra praticar meu "esporte"favorito: a arte de observar o mundo em volta. Certo... Em tempos modernos e eleitorais, digamos que essa observação ganha um colorido a mais.
Faaaaaato, as pessoas se ocupam cada vez mais da vida dos outros, o que é auxiliado pela internet, mas também pelo excesso de exposição, que se for parar pra pensar, todos nós nos submetemos. O povo quer saber por onde você anda, com quem você anda e porquê você anda. Coisa chaaaata!
Outro faaaaaaaato, quando alguém quer esconder muito uma coisa, é preciso que faça direito, porque nesse mundo de xeretas de plantão, qualquer pista vira obviedade. Eu to num momento tipo aquele: todo mundo pede pra que eu não saiba das coisas, e no fim eu sei de todas elas, por pura ironia do destino. E vou dizer, que não vejo graça nessa coisa de voyer. Eu fico por aí fingindo que não sei de nada o que se passa, fingindo que aceito certos abraços e eu te amos, fingindo que não sei que aquilo ali está acontecendo, fingindo, fingindo, fingindo... E as pessoas jurando que eu sou assim, a bocó do ano! Que coisa chata viu?! Pior de tudo é ter que burlar quem não sabe mesmo, e isso sem dar com a língua nos dentes. Muito trabalho.
É por essas e outras que eu faço pacto extremo com a discrição, e as pessoas insistem em me chamar de misteriosa. O faaaaaato, é que eu só não to afim de tornar minha vida uma novela, pra neguinho acompanhar. Não sou entretenimento pra vida alheia, que por sinal, deve andar bem sem graça.
Outro faaaato, ninguém fala de política, mas em ano eleitoral todo mundo se sente no direito de opinar, destilar críticas, e "elogios" de fino trato a quem quer que seja o político em questão. Mas sabe uma coisa que eu aprendi? Política não se discute, pelo menos não com qualquer um. Eu por exemplo, não discuto política com meus amigos burgueses, que vêm a vida através das "notas de mil". Não, porque eles, na sua maioria, defendem apenas suas contas bancárias, e ainda por cima, não têm noção nenhuma de política, apenas reproduzem o discurso dos pais. Preguiça! Não sou a maior politizada da face da terra, mas estive a volta de discussões políticas desde pequena. Lá em casa, política sempre foi assunto no almoço, no café, no chimarrão, no encontro familiar. Então eu aprendi que política está em tudo, em todos os momentos, desde nossos menores aos nossos maiores atos, e não só no ano eleitoral. E que política não é só coisa de político, mas que passa pela gente mesmo. Por isso que esse povo que sai do armário só em ano de eleição me irrita muito, porque cheira ou a mofo ou à naftalina.
Faaaaaaaaaaato, to me cansando de gente metida e superficial. To me cansando de gente que fala mal de um quando está com você e quando está com o um fala mal de você. To me cansando da falta de sinceridade. To me cansando de "amigo" que está sempre julgando a vida do outro "amigo".
Faaaaaaaaato!

1 comment:

Eu.Você.Ela.A Mãe. said...

Fato!!!!!!

(bjboi)