Saturday, October 03, 2009

samba colher e panela

Empunhou uma colher brilhando contra a luz branca da cozinha
Deslizou pelos dedos pintados de vermelho uma panela dessas de alumínio
Tamborilou entre uma mão e outra
Decidiu
Levou seus pés assanhados para a varanda
Num só toque, fez tocar todo mundo pra perto
Quase como se o sambinha modesto que criava
Fosse o salto que todo mundo precisava
Pra chegar mais perto do coração de quem amava
Então todos resolveram, num só gesto abraçar o povo
E soltaram um cordel de grito embolado
E a melodia era uma só: de suor e olhar!

1 comment:

Bugigangart,Campeche, said...

Marina Obrigado por add meu blog aqui, gostei muito e virei seu seguidor, beijos e sucesso sempre...

ou merd..rsrs
abracênicos.