Sunday, February 01, 2009

irmã











[juntas, mas separadas... sempre]


algumas coisas são tão simples, livres e leves, que não encontro palavras para explicar, e de fato, acho que nem preciso.

algumas coisas:

"Gosto de poder manter o silêncio junto de alguém. É mesmo a condição de uma amizade, para mim. Um amigo é aquele com o qual se pode partilhar o silêncio... como se partilha a palavra". (C.L)

[uma frase da clarice que dizia mais ou menos isso: o melhor do mundo, são as pessoas que a gente gosta. (não era isso, mas enfim, algo parecido)]

e pra resumir: eu sempre emburreço diante do que não consigo explicar, mas acho que é bem nesse momento que me torno inteligente: porque SOU!!!

boi, obrigada, sempre, por tudo, e simplesmente por existir. te amo. sinto saudade. mas nos temos sempre, pelo elo dessa nossa simplicidade, dessa nossa verdade, da amizade que surgiu e a gente fez crescer.

3 comments:

Fabiana Lazzari said...

que lindo Marina!
é tão bom ter estes sentimentos né!!
desejo que tenham sempre esta ligação e que a cada dia ela se fortaleça mais!A amizade é o sentimento mais nobre deste mundo e raro também, portanto quando encontramos pessoas que realmente possam desfrutar dele devemos cultivá-lo com todosos cuidados que ele merece.
Bjocas gata com saudades

Mariana SCHMITZ said...

Lindo isso. Linda foto, lindas vcs, linda a amizade. Sofro de saudade crônica também...não é facil lidar com a distância, com a ausência...
mas a gente continua a tentar manter o maximo, porque a historia merece, porque o nosso futuro merece...
e sempre quando da, a gente tenta matar toda a saudade, mesmo sabendo que é tarefa impossivel!

Aproveitem!

bjus nas duas!!!

Raquel Stüpp said...

boiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii


MUUUUUUUUUUUUUUU


que lindo que lindo lindo lindo!

eu te amo tanto, mas tanto.
o amor é do tamanho da saudade.
então, imagina que grande que é!!!


juntas, mas separadas.
pra sempre sempre.

ai ai, me deu vontade de fazer poçinha na tua calça!