Friday, January 23, 2009

"Faltas são a prova da presença".

"Faltas são a prova da presença".

Li isso hoje em um blog muito interessante - http://parafrancisco.blogspot.com - e lembrei o porquê quero um dia tatuar "saudade" no pé, ou no pulso - enfim o lugar ainda não foi decidido. Saudade é a maior prova de que se ama, ou amou alguém um dia. A maior prova de que sua vida é repleta de pessoas, momentos, lugares que lhe fazem sentí-la. E eu acho que isso dignifica um muito a vida. E como a vida anda precisando ser digna!!!
Também acho que ver a saudade por esse âmbito denuncia uma escolha pelo lado bom da vida - não pela Coca Cola rsrsrsrs -, denuncia uma opção pelo otimismo, e eu sempre achei e acho que é o melhor caminho. Depois eu sei que sempre carregarei a saudade comigo, então seria uma tatuagem atemporal, aliás, creio que com o passar dos anos a saudade só se faz aumentar. Porque a vida muda, o tempo passa, perdemos pessoas, ganhamos outras, algumas se vão para outra dimensão, outras viram só doces lembranças, enfim...a saudade aumenta um ponto a cada segundo. Isso pra mim é fato!
Tem a parte da saudade que engasga, essa aí não é boa não, mas tudo na vida tem os dois lados, a gente escolhe qual vai regar. Eu rego aquela parte da saudade que faz rir baixinho no ônibus, quando escuto uma música, ou lembro de uma boa gargalhafa à tôa. Aquela saudade que sinto quando sento num café, cheia de gente querida ao lado, ou não, e penso que podia sim ter mais um certo alguém - ou alguéns - por ali, sempre tão imsprescindível. Saudade boa aquela quando eu abro um livro e encontro um bilhetinho, uma dedicatória, uma foto amada, aí eu lembro do dia, do rosto, do olhar. Saudade boa um recadinho no orkut, que lembra a distância, mas de alguma forma aproxima - nem sempre da forma que a gente tá querendo. Saudade boa quando a gente praticamente materializa a pessoa, e sente o cheiro, ouve a voz, pega na mão. Saudade boa até quando a gente lembra da briga, quase sente a raiva de novo, mas pensa como tudo se resolveu da maneira mais bizarra possível. Saudade boa de pensar que se poderia ter bombons sendo jogados na cama, quantas vezes eu fui acordada assim, não sou mais agora por escolha MINHA, e isso tem um propósito - e que bênção ter sido acordada assim e agora lembrar. Saudade bem boa essa que invade o quarto imaginando o ser magrelo dançando uma dança meio afeminada - rsrsrsrs - e mostrando a linguinha. Saudade do bom humor, mas o segredo maior da saudade é que ela DIGNIFICA até os defeitos. Sim de quem eu amo sinto saudade até do mau humor!!!


ps: eu não sei - como me foi perguntado - o que você pode fazer com a saudade e a dor - a mensagem veio pela metade amore, sorry - não sei mesmo. se ela estiver doendo muito dá um jeito de não doer mais, eu só não sei que jeito, prometo pensar. não é fácil caminhar sentindo saudade, mas a gente tem que ir em frente, e pensa que é sinal de que as coisas um dia foram lindas...tá eu não ajudei nada, e isso é um lado da saudade que me irrita: NÃO ESTAR POR PERTO QUANDO A ÚNICA AJUDA A SE OFERECER É UM SIMPLES, MAS SINGULAR ABRAÇO!!!



5 comments:

quelstupp said...

eu te amo tanto.
e tu ajudas, mesmo quando achas que não ajuda.
tuas palavras sempre me dizem.

tanto, tanto.


e o abraço eu sinto.

Julia Porto said...

Oi Marina, amei seu texto sobre a saudade. Me sinto assim tb. É bonito sentir saudade, mas dói.

beijinhos

Julia

Fabiana Lazzari said...

aiai
esta dita saudade!

Bjocas com muitoooooo carinho!

Maria Amélia said...

Uauuuu
hoje mesmo falei da tua vontade de tatuagem, com a lele, e também da da Quel... duas palavras que representam coisas tão caras na vida da gente...

saudade e liberdade

o que seria da gente sem elas pra preencherem nossas cabeças e nossos corações???

bem, pra passar ganinhas, de qualquer coisa, tem aquela receita infalível, que aliás foi tu quem ensinou, nos idos tempos de UDESC:

"põe a cabeça no forno e grita!!!"

vero said...

Marinetti...putz tbm vivo intensamente esse sentimento dia-a-dia aqui!

É bom, mas ao mesmo tempo é ruím!!

Sei lá é doido, mas é fato que é um sentimento que te faz sentir vivo, muito vivo.Isso é ótimo!

bjs, querida!!!