Thursday, October 23, 2008

minha gente

meu maior "lucro" (meio capitalista a expressão mas vá lá) são sempre as pessoas.
dinheiro vai, inda mais cachê de ator que mal vem. sucesso? fugaz...
nessa profissão etérea se tem alguma coisa que fica, são os encontros verdadeiros. amigo não enche barriga. de fato não. mas pode ajudar a trilhar o caminho, fazer uma escolha, aliviar a alma.

e nesse quesito, desculpa a falta de modéstia, mas to muito rica. cada um deve dizer: os meus são os melhores. mas os meus são mais. já conhecí muita gente estranha e do mal nessa vida. gente falsa. mesquinha. superficial. gente competitiva e invejosa. gente egoísta. gente de pedra. os meus...ah os meus...os que ficam, ficaram e ficarão!!!

tenho sorte de esbarrar com gente boa. tenho muita sorte eu diria. gente que eu bato o olho e gosto, mesmo quando eu insisto em achar que não gostei. gente que eu bato o olho e acho que nada a ver, mas no fundo tudo. e gente que eu bato o olho e gosto mesmo e pronto, principalmente com o passar do tempo, a maturidade faz a gente entender além dos clichês e ver além das primeiras impressões, fazendo com que a gente chegue mais rápido na essência.

o preço disso tem sido um pouco a saudade. um muito. meu deus, quanta saudade.

ao mesmo tempo, pessoinhas muito queridas aparecem, surgem do nada, e eu já não me imagino mais sem tê-las para admirar, pra me inspirar, pra gostar. gente me inspira. me eleva a alma, me faz criar.

meus amores têm jeitos e maneiras muito diferentes umas das outras. tem gente que rí muito e gente que costuma chorar mais. tem os talentosíssimos naquilo que fazem. tem os que são talentosíssimos em muitas coisas e se perdem um pouco. tem os que ainda não se acham talentosíssimos, embora sejam muito. todos são bonitos, cada um no seu cada qual. tem os exuberantes. tem os charmosos. tem os de outro universo. ah...chato seria se fossem iguais...
pra muitos o único ponto em comum talvez seja eu...

gosto muito de quem faz parte da minha família maluca escolhida ao longo da vida. o vai e vém de cotidiano que não modifica jamais o amor. e tudo o mais........


quem dera todos tivessem alguém pra quem bastasse olhar e ser lido por inteiro.

amém!!!!

3 comments:

Mariana SCHMITZ said...

AMéM!
SALVE SIMPATIA!!!
AQUELE ABRAçO PARA TODOS OS AMIGOS...
VIVA A DESGRAçADA DA SAUDADE!

bjus marinaaaaa!!!!

Lu Holanda said...

Ahhhhhhhhhhhh!!! Marina sei o qto me encaixo em suas palavras, sem falsa modéstia né? bom, tu já sabe tudo que tenho pra ti dizer, ou melhor, tu me penetra com o olhar e isso basta!!!!
Um imenso beijo e a imensa saudade de estar junto!!!
tm "se" emocionei viu?

vero said...

espero tá nessa listinha...rsrsrsrs...bjs imensos com saudadessssss..
EDER