Saturday, July 12, 2008

literalmente

Por via das dúvidas (que geralmente são muitas), diga o que você sente para as pessoas. Vergonha? Dá e passa. Medo? De quê? Sentimentos não aprisionam nada nem ninguém, cada um aprisiona a si mesmo, por motivos vários, inclusive o prórprio medo!!! Se você ama alguém (namorado, marido, parente, amigo, cachorro, galinha...) DIGA!!! Mesmo aquela pessoa que você acha que já está careca de tanto saber...podes crer que ela deve estar pensando: poxa o fulano só me diz que ama quando está meio torto (hehehehe) - sempre tem mais cabelo pra se perder!!!
Sou absolutamente a favor da teoria que as ações dizem mais que as palavras, mas num mundo dúbio como o nosso, onde tudo tem margem pra múltiplas interpretações, e a relatividade parece ter virado moda, nada melhor que falar olho no olho, abraço no abraço, aperto de mão bem firme: Eu te amo, e você é importante pra mim. Reafirma tanta coisa, renova tanta confiança, tanto carinho, tanta vontade de permanecer no mesmo caminho.
A gente precisa demonstrar mais, ser mais, se lançar mais. A gente precisa amar mais, e jogar menos. A gente precisa estar mais de verdade. Às vezes tudo parece claro, mas a gente nunca sabe quando vai deixar de parecer, e é nessas horas que lembrar do que o outro disse, sustenta muito, sustenta tudo, sustenta a gente!!!

3 comments:

Morpheus said...

Lindo post.
Vou dizer aqui uma coisa pela primeira vez: eu já amo a tua amiga. Impressionante como ela apareceu e deixou a minha vida muito melhor. Beijos pra ti, minha querida. Continua escrevendo coisas legais aqui!

Fabiana Lazzari said...

Eu te amo amiga!
hehehee
SEmpre te digo e repito quantas vezes forem necessárias.
Muitas energias positivas.
Bjocas

Lu Holanda said...

...sim, Marina. Também te amo com a mesma intensidade dos encontros que temos, eles são sempre importantes e renovadores, neles aprendemos mais e mais. Meu amor por ti é daqueles que sustentam a amizade pra vida inteira e que aponta para as escolhas certas. E eu acertei, Marina faz e fará parte da minha vida. "Escute, vou lhe contar uma linda história: era uma vez uma menina que tinha uma linda amiga, bem..." TE AMO.