Tuesday, August 28, 2007

rottina

Ando levemente cansada de minha rotina. A mãe que entra sem bater. As roupas que são usadas sem pedir. O irmão que pega o que quer e não visa. As vozes em tempos de se querer silêncio. As companhias quando se quer estar consigo mesmo – ou só!!!
Os olhos curiosos quando buscamos reserva e introspecção. A guerra, quando é paz que o ato de escrever precisa. O desejo dos outros de terem companhia, quando nós, mal podemos estar em nós.
A tristeza quando estamos pulsando de alegria. As lágrimas quando desfilamos em sorrisos. A reprovação quando somos inteiros entregues aos devaneios. O pessimismo quando estamos romanticamente otimistas.
Definitivamente não é fácil estar o tempo todo em torno de outros. É pedir demais pra alma. É muita observação. São tantas as perguntas. Respostas. É muito difícil dividir-se o tempo todo. Muito. Muito difícil, porque temos que nos colocar constantemente no exercício da tolerância, da generosidade, do abster, do adiar, do calar, do...
Um leve cansaço...desses que perturbam um pouco! Eu queria mesmo que fosse tempo de ser somente eu, eu e eu!!! À vezes estamos tão apaixonados por nós mesmos, que não cabe dividir!!!

No comments: