Thursday, May 31, 2007

garotinhos

Eu sempre me perguntava, porque os garotos mais legais do mundo viram meus amigos? Ou será que eram os meus amigos que viravam os garotos mais legais do mundo? Ou será que os outros garotos que chegavam perto de mim para outros fins é que não eram legais?
NADA disso. Os emus amigos eram os mais legais, e na verdade, eu que logo virava amiga deles, porque eu era bem espertinha e sabia, que mais valia a amizade certa do que um amor vago por aí. Saí no lucro, porque os amores vieram e se foram, e os amigos mais legais estão aqui até hoje.
Ah, mas eu desenvolvi também o dom de transformar alguns ex-amores em grandes amigos mais legais do mundo. [mas isso é outra história]...
É outra história, porque depois de um tempo, eu comecei a topar com meninos muito bacanas no meio do caminho, experimentar as borboletas na barriga que eles me proporcionavam, e depois de nada ter dado certo, eu aprendi a guardá-los na minha vida pra sempre - mas só os mais legais do mundo!!!
Minhas últimas borboletas na barriga vieram através de os olhos msiteriosos de um rapaz bonito, de uma boniteza dessas que vem de dentro, que é misteriosa, que ninguém entende muito porque é tão forte. Boniteza que vem da cabeça livre, leve e solta. Esse menino me libertou de um monte de coisas. Me fez ver que a vida pode ser muito divertida ao lado de um par, e que namorar não é prisão. Ele era aventureiro e livre como eu, só que muito mais, e tinha necessidade de voar de minuto em minuto - agora tá lá, voando longe...
Ele abriu as portas da minha leveza, da paixão sem encanação, e me fez tomar iniciativas, me fez dizer ao que eu vinhas, me botou pra trabalhar - hehehehe, uffa!!! Depois dele - como sempre - eu achava que não encontraria ninguém com quem me sentisse tão a vontade. achei que nunquinha mais eu encontraria uma mão tão solta que eu tivesse vontade de segurar. Achei que jamais acharia um garoto tão bonito, tão legal, tão sexy, tão inteligente, tão bom ator [ehhehe], tão divertido, tão companheiro, tão sincero...
A vida tá aí pra provar pra gente que nada é nada!!! Fecha-se uma porta e já estava lá, abertinha uma janela. Quando ví, já estava eu no meio das mensagens mais queridas do mundo, e mais necessárias. Quando me dei conta já tinha um novo garoto mais legal pra beber e falar besteira, pra dançar, pra conversar, pra segurar a mão, pra ser companheiro de madrugadas longas, pra dividir os sonhos, os gostos, e o humor - muito ácido!!! Quando me dei conta já estava eu pensando noutros olhos, noutras palavras, cantando outras musiquinhas.
Sim, eu encontrei outro garoto mais legal do mundo, bonito, querido, inteligente, companheiro pra todas as horas. E com ele também é legal andar de mãos dadas pela rua. ele também é digno de colocar no meio dos meus amigos todos, ´pra dançar, beber e fofocar. Com ele parace que não tem ninguém em volta. Eu não me sinto presa, nem pressionada. Com ele eu me divirto, o tempo passa e eu tenho crises compulsivas de riso. A gente fica horas só conversando, como dois grandes amigos...
Borboletas novas na barriga - meio confusas, as minhas sempre são - voando e voando!!!

1 comment:

meconildo said...

quando a gente lê essas coisas sente uma coisa... primeiro parece dor de barriga, mas depois a gente percebe que são borboletas no estômago.... daí dá uma vontade de experimentar mais, arriscar mais, viver mais... bjo azullllllll do vulgo meco