Sunday, March 04, 2007

viajei

Ontem mesmo, eu estava sentada no boteco, um boteco normalzinho, aqui na Ilhota mesmo, com alguns amigos ao redor, bebendo, conversando, recebendo e enviando mensagens, e eis que eu viajei. Não no sentido de viajar na maionese. Não! É no sentido de estar noutro lugar já. No lugar que eu posso estar daqui a menos de um mês.
Senti o clima, o ritmo, as pessoas, senti a sensação como se estivesse lá. É como se já fosse uma prova do que encontrarei. Uma intuição talvez. Aliás, intuitivamente tenho sentido que minha vida dará uma virada. E isso tem a ver com estar noutro lugar.
Pensando bem, aqui eu não estou mais mesmo. Meu pensamento vagueia [como diria a Marisa], minha alma flutua, e meu futuro se projeta noutros mares, noutras terras, e que assim seja. Não há como adiar o inadiável. Não há como manter o fluxo do tempo parado. Não há como deixar os medos congelarem as ações. Só precisamos ter um pouco mais de paciência [tá difícil] e um muito mais de coragem.
Amém.

No comments: